sábado, 21 de fevereiro de 2015

CRIATIVIDADE EM TEMPOS DE CRISE








Nos últimos meses confesso que pensei em desistir de tudo, passei por momentos desafiadores, os dias me pareciam uma constante de vazio alimentando monstros internos que por vezes cresceram no longo caminho que seguiu por um imenso deserto.

Nesses dias aprendi muito sobre o tempo de Deus, no sentido de que todas as coisas são feitas e acontecem sempre para o melhor, embora não gostemos temos que resistir pois, não adianta querer apressar as coisas, tudo acontece n momento certo, mas a ansiedade faz esse tempo de esperá tornar-se longo demais...

Contudo tudo acontece no tempo de Deus e são seus planos que faz o mundo girar, o que decide o que se realizará e faz cada coisas tomar seu lugar. 


Einstein compreendeu isso há muito tempo e por isso escreveu sobre a crise, como um momento que impulsiona a criatividade, veja:


..."Não podemos querer que as coisas mudem se sempre fazemos a mesma coisa. A crise é a maior benção que pode acontecer às pessoas e aos países, porque a crise traz progressos.

A criatividade nasce da angústia assim como o dia nasce da noite escura. É na crise que nascem os inventos, os descobrimentos e as grandes estratégias.

Quem supera a crise supera a si mesmo sem ter sido superado. Quem atribui à crise seus fracassos e penúrias, violenta seu próprio talento e respeita mais os problemas do que as soluções.

A verdadeira crise é a crise da incompetência. O inconveniente das pessoas e dos países é a dificuldade para encontrar as saídas e as soluções.

Sem crises não há desafios, sem desafios a vida é uma rotina, uma lenta agonia. Sem crises não há méritos. É na crise que aflora o melhor de cada um, porque sem crise todo vento é uma carícia.

Falar da crise é promovê-la; calar-se na crise é exaltar o conformismo. Em vez disto, trabalhemos duro. Acabemos de uma vez com a única crise ameaçadora que é a tragédia de não querer lutar para superá-la"..

Albert Einstein.

Por Leila Sl Ribeiro Uzum
.

Nenhum comentário: